Bem Vindos!

Bem Vindos!
UFOLÓGICO / ASTRONÔMICO/ CIENTÍFICO

quarta-feira, 29 de junho de 2016

"BASTÕES DE FOGO" E PESSOAS DESAPARECIDAS NO BRASIL.

O pesquisador e filósofo Cícero Buark recolheu diversas história contadas por caiçaras e turistas a respeito das aparições em Ilhabela – pequena ilha do litoral norte de São Paulo. Alguns desses relatos e lendas consistiam em avistamento de bolas ou bastões de fogo. Ele descreveu num artigo um fato que pode investigar pessoalmente:
«Objetos luminosos costumam também ser vistos cortando os céus sobre a mata. A queda de um objeto incandescente, com uma intensidade de luz muito forte, e parecendo-se com um meteorito, foi vista em Ilhabela, por um sem número de pessoas. Conversando com moradores da Ilhota de Búzios, estes comentaram que realmente haviam presenciado a queda de uma “grande luz” atrás da ilha, a qual permaneceu por longo tempo em combustão. Realizando uma expedição marítima pelas proximidades do local, com o auxílio de binóculos conseguimos constatar que realmente ali havia fogo, mas estranhamente estava crepitando sobre pedras, não havendo material combustível na área. Como existe um tipo de pedra inflamável na ilha, pode ser que o fogo tenha se propagado nesse tipo de pedra.»
Além deste, Cícero Buark recolheu outros relatos semelhantes. Vejamos alguns:
Em outubro de 1955, próximo à ilha das Cabras, quando o dr. Achilles Grecco e mais três amigos avistaram um “objeto” voando a pequena altura: Uma massa escura, que emitia raios luminosos a intervalos. Em certo momento, o objeto incandesceu e começou a girar em torno de si mesmo, após o que, em movimentos rápidos, submergiu, causando grande espanto. O dr. Grecco fala na “incrível maneira como o objeto desapareceu no mar, sem provocar ruídos, espumas ou chamas. Numa noite de verão de 1976, durante cerca de 3 minutos, um objeto “em forma de disco, com uma calda semelhante à de um cometa”, permaneceu parado sobre o casal Maria Beatriz e seu marido Antonio Maciel, fato que despertou a atenção de quase 20 pessoas, no trapiche da Paria do Barreiro. Em seguida, a aparição dirigiu-se para as montanhas, deixando atrás de si um rastro luminoso, fato que assustou os pescadores. Estes, por sua vez, narraram no dia seguinte que, tomados de pânico pela intensidade da luz que o objeto refletia, abandonaram seus barcos e redes, retornando às pressas para suas casas. Um outro fato que reconhemos diz respeito ao ocorrido com Manuel Felipe, morador há mais de 40 anos no local, e que, em uma noite escura, ao se aproximar de uma cachoeira, surpreendeu-se com a aparição de algo em forma de bastão de fogo, com 2 metros de altura. Com a aproximação do pescador, o objeto deslocou-se, iluminando toda a área com sua luz azulada. Manuel Felipe, estonteado caiu adormecido; quando acordou, o local já estava de novo calmo e solitário. Alguma coisa “em forma de olho” é vista constantemente emergindo das águas cristalinas das cachoeiras, conforme depoimentos que pudemos colher junto a moradores. Emitindo uma luz azulada e clareando uma área em torno, quando alguém se aproxima para pega-lo desloca-se misteriosamente, deixando atrás de si uma cauda de luz. Sabe-se que já ocorreram mais de 100 naufrágios de pequenas e grandes embarcações ao largo de Ilhabela e alguns atribuem isso às bolas de fogo, assim como diversos casos de pessoas desaparecidas (estranhamente de cada 3 pessoas desaparecidas uma não deixa qualquer vestígio).


terça-feira, 14 de junho de 2016

Bases alienígenas na lua: Denunciante da NASA revela existência de estruturas alienígenas lunares

Outro denunciante da NASA apresentou uma série de imagens tiradas pelos astronautas das missões Apollo da NASA que mostram o que parecem ser bases extraterrestres na superfície da lua.


Antigas imagens da missão Apollo, coleção particular de um denunciante da NASA são consideradas conter a prova definitiva de bases alienígenas na superfície da Lua da Terra.
As imagens vêm da coleção particular de Ken Johnston, que era um ex-técnico aviônico que trabalhou com um número de empreiteiros da NASA durante as missões Apollo. Durante seu tempo na NASA trabalhando nas missões Apollo, ele se deparou com uma série de imagens tiradas pelos astronautas da NASA durante as missões Apollo à Lua que mostram o que parecem ser bases estrangeiras na superfície.
De acordo com os caçadores de  UFO em cima da TV Espacial Lua de Marte, um vídeo enviado no início deste mês mostra um cache recém-lançado de imagens antigas da Apollo que parecem mostrar bases alienígenas na superfície da lua. Ken Johnston é bem conhecido entre os caçadores de OVNIs como acredita-se ser um dos mais importantes "denunciantes da NASA"  que tem vindo adiante com "provas"  de atividade alienígena na Lua.
No vídeo enviado pela TV Espacial da Lua de Marte,  Thomas Jensen fala sobre uma das imagens divulgadas da coleção de Johnston, que mostram: "O que parece ser uma base na Lua com luzes e estruturas visíveis."
De acordo com Richard Hoagland, que viu pela primeira vez a coleção de imagens de Johnston da missão Apollo, em 1995, os técnicos de imagem da NASA estiveram editando imagens originais da lua durante décadas em um esforço para "esconder" e eliminar estruturas alienígenas que estão espalhadas por toda a lua . De acordo com Hoagland e outros que conseguiram dar uma olhada nas imagens digitalizadas da coleção de Johnston das missões Apollo que mostram, sem dúvida, estruturas exóticas sobre a superfície da Lua, que foram editadas e removidas a partir de imagens publicamente disponíveis da superfície lunar.

No entanto, nem todo mundo parece estar convencido com estas ou outras imagens da superfície lunar onde as estruturas 'Alien' estão aparentemente presente.
Independentemente do que os céticos podem pensar, Johnston revelou que tinha sido "encomendado" para ele destruir as fotos originais, mas decidiu aceitá-las. Muitos ufólogos afirmam que as imagens foram ordenados a serem destruída desde que a NASA não queria que a sociedade visse qualquer evidência de estruturas estranhas na superfície lunar.
Além de TV Espacial da Lua de Marte, canal do YouTube Canal Secureteam 10 também contou com imagens da missão do Apollo de Johnston contendo evidências de estruturas alienígenas na Lua em um de seus vídeos.
As imagens mostram em preto e branco a nave espacial Apollo voando sobre a superfície lunar. Ao lado da nave espacial, no lado inferior esquerdo da imagem há misteriosos pontos brilhantes na superfície lunar, que acreditam ser parte das bases alienígenas.
De acordo com muitos, as luzes vistas nas imagens parecem estar dispostas de tal maneira, que sugere que eles são o produto de desenho inteligente.
No entanto, as imagens da coleção particular de Johnston não são as únicas evidências alegadas das estruturas alienígenas na Lua.
Uma das imagens mais famosas retratando estruturas alienígenas na Lua vêm de missão LCROSS da NASA à lua. O principal objetivo da missão LCROSS foi explorar a presença de gelo de água em uma cratera permanentemente sombreada perto de uma região polar lunar. Foi lançado em conjunto com o Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) em 18 de junho de 2009, como parte do precursor Programa Lunar Robotic compartilhado, a primeira missão americana à Lua em mais de dez anos.
Mas semelhantes luzes misteriosas a partir da superfície lunar estão presentes em muitas outras imagens e vídeos. Não muito tempo atrás a SecureTeam 10 publicou um vídeo muito interessante que prova que há uma série de bases alienígenas na Lua. Para fazer backup de suas reivindicações, SecureTeam10 postou as coordenadas das estruturas altas na Lua: 21 ° 4 '2,23 N, 148 ° 39'12.30 "E. Se você se concentrar sobre a área, caçadores de Ufos reivindicando três pilares enormes são visíveis claramente lançando uma sombra na superfície da lua.


Recentemente, um número de funcionários altamente classificados do governo, ex-astronautas, militares e cientistas vieram para frente falar sobre o fenômeno OVNI e vida extraterrestre.
"Depois de viajar no espaço, estou plenamente confiante de que os alienígenas estão nos observando. Eu não sei quantos, onde e como eles fazem isso, mas estão nos observando;Vemos esses naves em todos os momentos. "-Ex-Astronauta Edgar Mitchell
Edwin Eugene Aldrin, Jr., Aka 'Buzz' Aldrin, ex-astronauta e engenheiro norte-americano, também se pronunciou sobre o fenômeno UFO. Buzz Aldrin foi o piloto do módulo lunar durante amissão Apollo 11, e foi um dos dois primeiros seres humanos a aterrissar na superfície da lua, e a segunda pessoa a caminhar sobre ela em 21 de Julho de 1969, no 03:15:16 UTC. Aldrin disse que: "Na Apollo 11 em rota para a Lua, observei uma luz de fora da janela, que parecia estar se movendo ao lado de nós. Havia muitas explicações sobre o que poderia ser, exceto outra nave de outro país ou de um outro mundo.
Milhões de pessoas ao redor do mundo acreditam firmemente que os astronautas americanos viram e gravaram "vestígios de construções humanas da antiguidade" na lua e fotografaram algumas das evidências tecnológica encontradas na superfície. Depois que os astronautas trouxeram de volta as imagens para a Terra. Ambos acusaram a NASA de editar as imagens originais da Lua e substituí-las com imagens falsas onde as estruturas na Lua tinham sido apagadas.

fonte: http://www.ewao.com/a/alien-bases-on-the-moon-nasa-whistleblower-reveals-existence-of-alien-lunar-structures/
Tradução: GUO