Bem Vindos!

Bem Vindos!
UFOLÓGICO / ASTRONÔMICO/ CIENTÍFICO

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Conheça 5 Hipóteses Que Possibilitariam a Viagem no Tempo

Este poderia ser o desejo dos humanos, atingir tal método que o fizesse: seguir numa viagem no tempo pelo conceito de “mover-se para trás e/ou para frente através de pontos diferentes no tempo” em um modo análogo à mobilidade pelo espaço.

Leia:

Viajar através do tempo, assim como voar, é um dos desejos mais antigos da humanidade. Da fantasia para a realidade, a ciência investiga cuidadosamente a possibilidade das viagens no espaço-tempo. As teorias atuais mais plausíveis são embasadas pelas seguintes hipóteses:


Viagem através de um buraco negro

A Física descreve os buracos negros como máquinas do tempo naturais. Sabe-se que essas singularidades são capazes de influenciar o tempo e diminuir a sua velocidade como nenhuma outra força conhecida. Na hipótese de uma missão tripulada, uma volta em torno de um buraco negro duraria 16 minutos para o comando de base na Terra. Para os astronautas no espaço, a missão de circular sua órbita teria durado apenas 8 minutos.
Cordas cósmicas

Teoricamente, estas cordas são a representação de uma série de defeitos hipotéticos sobre o tecido do espaço-tempo. De acordo com a física, através dessas anomalias seria possível criar curvas para voltar no passado. Na prática, isso significa construir uma máquina do tempo. A convergência de duas cordas juntas poderia proporcionar uma série de curvas fechadas de tempo, semelhante a um buraco negro. A teoria afirma que bastaria calcular com precisão o movimento para uma nave espacial mover-se até qualquer momento da história.

Matéria exótica

A matéria exótica é definida pela física como aquilo que não atende a uma ou mais das leis da natureza, como no caso da massa ou energia negativa. Enquanto a matéria ordinária não pode interagir com as partículas que viajam mais rápido do que a luz, a energia ou a massa negativa da matéria exótica poderia. Se tal coisa acontecer, então seria possível deformar o espaço-tempo para abrir caminho até túneis que interligam o universo, ou possibilitar o surgimento de motores de dobra capazes de acelerar partículas que poderiam exceder a velocidade da luz. Em suma, a matéria exótica permitiria a criação de uma máquina do tempo.

Vácuo em forma de anel

Não há necessidade de sair garimpando matéria exótica, é possível simplesmente aproveitar o vácuo no espaço. O cientista israelense Amos Ori afirma ter resolvido o problema de viajar no tempo. É isso mesmo: a sua máquina hipotética poderia ser construída por civilizações avançadas de 100 ou 200 anos a nossa frente. A máquina de Ori é baseada nas teorias de Albert Einstein, que dizem que o espaço pode ser curvado em forma de anel para criar um campo de gravidade capaz de arrastá-lo para o próximo espaço-tempo.

Matematicamente, é mostrado que cada período de tempo é inscrito dentro do seu campo de gravidade, de modo que seria possível calcular como chegar a cada momento desejado. Cilindro Tipler Em 1974, o físico Frank J. Tipler desenvolveu um cilindro rotativo hipotético com uma alta densidade e comprimento infinito. Segundo seus cálculos, se o cilindo girar em seu próprio eixo com uma velocidade próxima à da luz, conseguiria criar uma força gravitacional extrema o bastante para regressar ao passado.

Fonte: http://noticias.seuhistory.com
Fonte: http://tantettaus.blogspot.com.br/2014/04/conheca-5-hipoteses-que-possibilitariam.html

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

ESSES DISCOS VOADORES ME PREOCUPAM DEMAIS.

Uma canção que ao mesmo tempo é uma belíssima expressão do repertório musical nacional, a quem entende de Ufologia compreende muito bem as mensagens contidas em seus versos.
De carona ao artigo do brother Rodrigo Alves, sobre cantores ou famosos que acreditam na Ufologia. Deixo a vocês esta pérola que tem tudo a ver com nossa busca da verdade, na voz inconfundível de Zé Ramalho.
O que acham de tentarmos interpretar estas palavras?


segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

A Guerra Entre Sirius e Orion

Este documento altamente detalhado expõe os fatos de uma “guerra entre Sirius e Orion” que desde os primórdio da civilização Terrestre, vem tentando numa luta feroz: obter o completo domínio da nossa espécie! Assim como de toda a Terra.

O texto é longo, mas digno de leitura.

Relatório 10245 - Arquivo Ark Command (A Verdadeira História da Segunda Guerra Mundial.)


“Os Senhores Extra e Interplanetários deste planeta decaído entenderam que o Domínio dos habitantes da Terra e o Poder sobre eles exercido só aumentam na proporção direta da ignorância de seus povos. Vamos mantê-los subjugados pela ignorância verborrágica dos eruditos e pela confusão dos analfabetos e principalmente pela difusão das mentiras históricas e pela informação deturpada.”

Milhões e milhões de pessoas que lutaram e morreram durante a última guerra mundial, morreram sem nunca ter compreendido por que lutaram ou por que morreram! As mais profundas verdades da Segunda Guerra Mundial, os Illuminati-Sionistas as esconderam nos arquivos secretos porque eram por demais incríveis para a compreensão das massas. A maioria dos historiadores que desvendaram o que aconteceu durante a Segunda Guerra Global nunca revelaram a alguém o que tinha realmente acontecido. Ainda que uns poucos historiadores tenham tido um vislumbre dessa incrível verdade…, ela era tão surpreendente que eles nunca escreveram sobre isso, porque nem mesmo eles a compreenderam. Outros que se depararam com certas revelações incríveis tiveram medo de as revelar, alguns temendo que os leitores nunca compreenderiam essa Verdade, outros temendo as ameaças e o espectro dos Illuminati-Sionistas que suprimiram os indícios de tal Verdade de seus registros acessíveis, ou senão de suas escolas e instituições educacionais.

Tudo era bizarro demais… Soava como um filme de ficção científica. Ainda que estes segredos ocultos fossem importantes demais para serem ignorados, eles começaram a vazar através dos registros e diários alemães e hitleristas confiscados. Os agentes de inteligência naval americana observaram esses documentos secretos, ou senão ouviram as testemunhas que acabaram falando, antes de se arriscarem de levar para os túmulos os seus segredos. No início da década de 1970, agentes do Departamento Internacional da Mente de XIAN, uma agência civil central para expor a inteligência começaram a decifrar as peças deste super quebra cabeças, um dos maiores mistérios em eons de tempo, e um dos maiores segredos dos últimos dois milênios. Por que os cidadãos médios mundiais dos anos da década de 1990 jamais ouviram esta versão alternativa da Segunda Guerra Mundial? A resposta a esta pergunta, de modo parcial, vem do próprio Hitler quando declarou:

“O verdadeiro destino do Homem é algo que o homem comum não pode conceber. Se vislumbrasse isso, não teria estômago para o suportar. Nossa revelação faz parte de um estágio final de uma evolução que terminará com a abolição da própria História. Meus camaradas do partido sequer imaginam os sonhos que assaltam minha mente, sequer suspeitam algo do grande edifício, cujas fundações, ao menos, já estarão construídas antes que eu morra. O mundo tem chegado a um ponto tal de saturação e virada química que realizará uma reviravolta que vocês, camaradas não iniciados, não podem entender.”


As palavras supramencionadas foram ditas aos membros do Partido Nacional Socialista, e que Hitler acreditava não estarem prontos para as suas pesadas verdades. Amigos, a última guerra mundial não foi simplesmente uma guerra lutada entre os Aliados, de uma parte e o Eixo, de outra. Foi também uma guerra entre Ciência e Magia, mas a ciência materialista venceu. A Terra foi também o campo de batalha da II Guerra Galáctica, onde civilizações Alienígenas patrocinaram os alemães e civilizações Alien patrocinaram os ingleses, americanos e soviéticos, civilizações essas que mais uma vez lutaram pelo controle do planeta Terra. Embora os humanos usassem como peões seus insuspeitos exércitos, num conflito que era em verdade interestelar, era um fato bem documentado e publicado que Hitler freqüentemente entrava em transe e, assim se encontrando, falava a seus comandantes militares. Seu oficial de imprensa, Dr. Dietrich contou que Hitler ficava possuído por algo superior e poderoso. E o próprio Hitler disse a seu Alto Comando que acreditava no Super Homem que havia governado o planeta nos tempos da Atlântida e de Thule (Hiperbórea). Depois da antiga guerra dos deuses, e que resultou na queda da Atlântida, os Super Homens, que eram os Senhores do Mundo, tiveram que se refugiar em mundos subterrâneos. Hitler disse que recebia suas ordens desses Super Homens que vivem dentro da Terra.

Numa conversa com o Governador Rausching, um homem que tentou alertar ao líder nazista da grande dificuldade de criar o Homem Novo, Hitler respondeu: “O Novo Homem está Agora vivendo dentro de nós, entre nós! Ele está Aqui! E isso não é o bastante para você? Eu lhe contarei um segredo. Habitualmente vejo o Novo Homem. Ele é intrépido e cruel. Às vezes tenho medo dele!” Entrementes, há milênios vem se desenrolando o conflito Siriano-Oriônico através das galáxias. Durante a Segunda Guerra Galáctica, Marte e Mercúrio foram vítimas da devastação nuclear. Maldek ou Marduck, que se situava no atual cinturão de asteróides, simplesmente explodiu. Planetas nos sistemas das Plêiades, no sistema de Orion e outros sistemas mais tinham se tornado devastações nucleares. Nos últimos 13.000 anos, a Terra havia conhecido duas guerras nucleares. Os Sirianos e Orionitas, inimigos da humanidade, estavam trazendo agora a tecnologia para uma terceira.

No início da década de 1930, um grupo de aliens sirianos mais os alfa cinzentos (grupo K ou Kondroskans), assumindo o aspecto humano, fizeram um contato com o presidente Franklin Delano Roosevelt, e ofereceram-lhe avanços materiais e ajuda tecnológica em troca de um pacto. Aqui pouco se conhece a respeito dessa antiga proposta. Aparentemente, contudo, os aliens quebraram o acordo com os americanos, abusando em suas condutas, incrementando seus raptos, abduções e experiências terríveis, em plantas, animais e homens. No final do século XIX e início do século XX, o grande inventor e cientista Nikola Tesla, contatou-se supostamente com os Pleiadeanos e seus aliados Venusianos (contrários dos sirianos e orionitas), e recebeu a tecnologia que o levou a inventar a corrente elétrica contínua e alternada (AC/DC), boa para dúzias de aparelhos eletrônicos que hoje são populares, e também para centenas de instrumentos utilizados em tecnologia aerospacial e eletromagnética, alcançando centenas de patentes. Tesla foi indubitavelmente o maior cientista dos tempos modernos, e nisso nos baseamos em um número de importantes invenções populares que ele iniciou e patenteou. Sem a corrente AC/DC, a lâmpada elétrica de Edison era inútil para o povo em geral, por causa das distâncias físicas. Tesla foi um inventor maior e melhor que Edison, e foi também, juntamente com Marconi, um dos principais inventores do rádio do século XX. Publicamente ele creditou suas invenções aos extraterrestres das Pléiades, o que levou muita gente a acreditar que ele fosse um cientista louco.

No início deste século Tesla inventou um poderoso aparelho de rádio de duas vias que supostamente captou sinais inteligentes de rádio desde Marte e desde uma base em Vênus. Depois que Tesla morreu (ou vamos dizer, foi assassinado em 1943), o Dr. Arthur Matthews e o grande cientista canadense, Dr. Wilbur Smith continuaram a efetuar experiências com esse aparelho de comunicações. Na década de 1950 eles criaram o Project Magnet, e que era a Investigação do Governo canandense sobre os UFOs, e afirmaram ter conseguido um pouso e um contato com uma espaçonave proveniente de Vênus, usando a tecnologia de Tesla. O Relatório do Projeto Magnet, que tenho lido, encerra várias invenções que foram construídas por Matthews, e que supostamente propiciaram um contato alien, e tais invenções ainda funcionam. Também no início da década de 1930, Tesla que era um bom amigo de FDR (ou Roosevelt), supostamente arranjou um encontro secreto entre os embaixadores das Plêiades e o Presidente Roosevelt. Diz-se que os pleiadeanos, com forma completamente humana, tentando neutralizar os sirianos e alfa-cinzentos, ofereceram via Tesla outra tecnologia, que neutralizaria os prejuízos dos alfa, e isso em troca do desmantelamento da máquina de guerra do Pentágono, da alteração da nossa economia, cujos frutos do Comércio e da Indústria teriam que ser partilhados por todos. Recomendaram também a mudança de nosso Governo, de nosso Congresso, no lugar se colocaria um Conselho Espiritual de alto alcance. No caso, os pleiadeanos não interfeririam em nosso governo ainda que recomendassem um novo sistema e se nós os rejeitássemos não receberíamos qualquer ajuda. Naturalmente, Roosevelt rejeitou a oferta, já que ela ameaçava seu poder e o do próprio Pentágono, além de prejudicar o poder econômico. A Inteligência Naval de sua parte preferiu trabalhar com os sirianos e alfa-cinzentos, e usar a tecnologia deles, afinal estava custando bem caro.

Os aliens de Aldebaran e de Hiperbórea deram aos alemães uma tecnologia muito mais avançada do que a que os americanos tinham então. E nessa se incluíam mísseis, foguetes guiados, aviões a jato, eletrônica superior, submarinos de longo alcance etc. e os alemães nunca perderam uma batalha até o final de 1940... Sua ciência estava muito a frente a da Inglaterra e dos Aliados. Desconhecido pela maioria dos militares americanos, enquanto isso, os conselheiros do círculo interno se reuniam numa sala secreta e meditavam toda a noite, usando rituais mágicos aprendidos em suas iniciações em sociedades secretas. Borman, Himmler, Georing, Hess e outros principais líderes nazistas eram todos iniciados, de graus avançados, na antiga Sociedade Vril dos atlantes, os quais atlantes ainda sobreviviam no século XX em muitas bases ou câmaras subterrâneas. A Sociedade Vril se relacionava com a Irmandade Golden Dawn, da qual o mais famoso mago do mundo, Aleister Crowley fazia parte, e a maioria dos membros da elite nazista e da SS eram aí iniciados. A estas sociedades ocultas e secretas, ou nos Cavaleiros Teutônicos ou até mesmo nos Cavaleiros de Malta, os comandantes do Eixo de Hitler e Mussolini eram totalmente fiéis.

A Sociedade Thule da Alemanha, que recebeu seu nome da crença no Continente Perdido de Thule da Idade Dourada dos Super-Homens Teutônicos, era uma ordem secreta onde muito nacionais socialistas foram iniciados antes da guerra. Os fundadores do Terceiro Reich acreditavam que os Arianos eram os descendentes dos Super-Homens que tinham governado o continente de Thule, na Idade Dourada. No caso, então, os Arianos estavam destinados a governar o planeta na futura idade dourada do terceiro e quarto Reich. Esses Super-Homens ou essa raça nórdica, loura e de olhos azuis, que se originou na Constelação de Lira era a Super Raça que originalmente habitou o planeta Terra ou era uma humanidade pré-ariana. Os nacionais socialistas acreditavam que a história do nosso planeta se constituía por ciclos de civilizações, que cresciam, se tornavam grandes e acabavam sendo destruídas.

Para eles, no passado, tinham existido quatro raças raízes: A Etérea, a de Thule (anterior à formação da Hiperbórea, com sua capital Thule), a Lemuriana e a Atlante. Os nacionais socialistas de Hitler ou arianos eram a Quinta raça raiz, Os partidários do Terceiro Reich acreditavam que os cataclismas planetários antes do fim deste século destruiriam a civilização de nosso planeta e que os Senhores do Mundo emergiriam de dentro da Terra, desde a Hiperbórea, e Thule, sua capital, para levarem os arianos a governar o mundo. Era destino dos hitleristas dominar as outras raças de planetas estranhos e que, vindo para cá, tinham interferido na bem conhecida evolução natural da Terra. Desse modo, então a raça ariana de Thule mais a atual permaneceriam senhores de tudo.

Hitler via os judeus como uma raça de outro planeta. (Ele escreveu isso! --- Digo eu, suspeito que isso é mentira e que Hitler nunca escreveu tal, malgrado não simpatizasse com os judeus) Hitler desenvolveu poderes psíquicos na Áustria. Conseguia até hipnotizar as pessoas, colocando-as em estado de transe. Sem se propor, mesmerizava seus generais, e estes acabavam obedecendo suas ordens como robôs, mesmo quando intelectualmente eram totalmente contrários ao que ele dizia. Hitler tinha um olhar fixo, profundamente hipnótico. Em seu governo, ele também possuía um departamento oficial de psiquismo, que foi descoberto depois do fim da guerra, quando as tropas aliadas invadiram Berlim. Uns poucos paranormais altamente pagos e secretamente treinados tinha a maestria do desdobramento astral, da projeção astral ou viagem fora do corpo, e usavam esse poder para espionar os segredos dos inimigos antes das batalhas!.

Um deles com tal capacidade era Hanshouser (ou Haushofer?) Depois da Segunda Guerra Mundial, alguns cientistas alemães que deram a Hitler seus foguetes, jatos e força aérea superior, vieram para os EUA e se tornaram cidadãos americanos. Aqui inventaram o programa de foguetes militares, os aviões a jato americanos, e o programa espacial da NASA etc. Entre estes se incluíam Herman Oberth, o pai do foguete, o qual levou também o Dr. Werner Von Braun! (Eis aqui uma brutal mentira: a elite de sobreviventes da Gestapo e da SS passaram para a Cia e para a Interpool. Em verdade todos os sobreviventes sem defesa foram brutalmente chacinados. A Cia foi criada inicialmente para estudar a ufologia, recolher ufos caídos e capturar seus tripulantes vivos, mormente os de Aldebaran, Pleidianos, Hiperbórea, e principalmente os alemães-ufonautas sobreviventes. Para os sirianos e alfa-cinzentos a Cia e outras agências fechavam os olhos. A Cia depois virou agência de espionagem internacional. A Interpool sempre existiu antes mesmo da Segunda guerra mundial) Para os americanos que patrocinaram os habitantes de Sírios, os alfa-cinzentos foram um mau investimento. Estes ETs também eram financiados pelos Illuminati e, para suas bases, recebiam fornecimentos de petróleo, gás, eletricidade, veículos, bombas, borracha e suprimentos de guerra de corporações diretamente controladas pelo Governo americano. (Este fez bilhões de dólares com o implante e a ativação de sua máquina de guerra. E se assim foi, o que então saiu errado no relacionamento América alfa cinzentos? Quando Hitler falava, ele entrava num estranho êxtase triunfante. Todavia, o homem que não tinha medo do titânico poder militar combinado da América e dos soviéticos costumava tremer de medo ao simples pensamento de que o Super Homem que o guiava viesse a visitá-lo. Deixava que os mestres do além lhe dessem ordens, pois acreditava ser sua divina missão criar os fundamentos da Idade de Aquário.

Por outro lado, cada batalha e cada ação política era cuidadosamente estudada e sopesada pelos astrólogos e pelos paranormais que haviam sido treinados no Tibete pelos lamas de boné preto, com os quais tinham estudado. As pessoas próximas de Hitler relataram ser freqüente ele despertar no meio da noite gritando e tendo convulsões. Ele pedia ajuda e ficava paralisado {similar a muitos milhares de casos de abduzidos de UFO, décadas depois!} Após a crise, Hitler ficava então oscilante e confuso, olhando ao redor do cômodo, como se estivesse perdido, murmurando: “Ele está aqui... Ele está aqui!... É ele... Ele veio para mim! Ele está vindo para mim!... Lá no canto... Ele está lá!...”

Quem era este "ele" que vinha para Hitler? Talvez o Super Homem da Hiperbórea ou quem sabe um invasor do Império Órion, inimigo e originário de uma guerra estelar de 50.000 anos. Estes orionitas e muitos reptilianos estão reclamando de volta o império que possuíam no nosso planeta e que perderam quando da queda da Atlântida e durante a primeira guerra intergalática. Os greys, de sua parte, acharam mais interessante ter os americanos como aliados para chegarem a realizar antes seus experimentos genéticos que alcançar a popularidade das abduções que são mais difíceis de perpetuar... Sim, os aliens greys fizeram um trato com FDR (Roosevelt) e plantaram suas bases secretas na América, décadas antes de repetirem este mesmo drama no mundo inteiro. Há evidências consideráveis de que os alfa cinzentos estão tentando usar o poder militar dos americanos para arrancar o planeta de seus Senhores de Sírio e que tem controlado secretamente os poderosos do mundo, via Illuminati-Sionistas. Na guerra intergaláctica, que envolveu a Atlântida e a Lemúria, o Império Órion, a Aliança Siriana e a Federação Unida dos Planetas Pleidianos lutaram uns contra outros na Terra. Os Sirianos, depois de perderam a Atlântida para os Venusinos e Pleidianos, foram vitoriosos e estabeleceram sua nova capital planetária em Luxor, no baixo Egito, com sua "Casa Branca" interplanetária na Grande Pirâmide, e que faraó Queops jamais construiu.

Esta Idade Dourada das Dinastias deixou os Sirianos no poder do Egito durante séculos, e este país passou a governar sobre um planeta devastado. O predomínio de Órion na Ásia resultou no surgimento do Império Sumério-Acadiano, controlado por Nibiru, mas todo esses se perderam nas areias do tempo, quando Luxor pôde atravessar os séculos. Os hebreus primitivos surgiram da Suméria e dos Orionitas. O controle Siriano sobre os imperadores romanos, e que veneravam seus próprios administradores terrestres como deuses, foi imenso. Durante a Idade Média os Mestres Sirianos, desde sua Loja ou pretensa Fraternidade Branca, estabeleceram as escolas de mistério, os Cavaleiros do Templo ou Templários, os Cavaleiros Teutônicos, os de Malta, os Maçons e centenas de outras sociedades pretensamente secretas. Toda a nobreza e realeza era iniciada sob a influência dos votos secretos, dos códigos sangrentos que redundavam na morte de quem os violasse.

A maioria dos iniciados nas fraternidades secretas nunca souberam que seus mestres e deuses eram e sempre foram extraterrestres. Os Altos Sacerdotes e os Reis e Rainhas sabiam disso, mas nunca o revelaram. As penalidades para quem isso violasse eram as execuções. Na Segunda Guerra Intergaláctica, e durante os tempos do Velho Testamento, as diferentes nações Alien lutaram novamente pelo controle da Terra, e aqui novamente os Sirianos venceram. Os pleidianos tiveram que fugir outra vez, alguns séculos antes de Cristo. Os Sirianos passaram então a controlar por completo o Egito e a América Central, Norte e Sul. Durante a Idade Média os Senhores Sirianos, nos reinos e nas terras feudais, por meio da canalização, estabeleceram muitos reinos conflitantes e religiões contraditórias. As religiões se dividiram em facções guerreiras para manter a humanidade dividida e enfraquecida, sabendo eles que uma humanidade unida e forte poderia denunciar e superar o controle Siriano.

Ao fortalecer a ignorância, ao incrementar a guerra entre os terrestres por causa de terras e religiões, e mantendo as filosofias num eterno conflito, a humanidade podia ser enfraquecida em base planetária e nunca se tornar uma ameaça frente ao controle de outro planeta. Em 1944 os hitleristas testaram discos voadores (temos visto fotos!) os esquemas e filmes desses aparelhos foram capturados quando os aliados invadiram uma base alemã de foguetes em 1945, ainda que os discos tivessem desaparecido. Hitler poderia ter vencido a guerra, mas foi derrotado pelo aspecto quantitativo dos aliados. Eram muitas armas e muitos homens contra um único país. Hitler acreditava que sob a influência do Super Homem era mais poderoso que os Illuminati-sionistas. Quando Hitler invadiu a França e derrubou os líderes dos Illuminati, dentre os quais os sionistas Rotschilds, colocando-os na prisão. E então, ele tentou tomar o controle que os Illuminati-sionistas possuíam.

Já em 1933, quando da eleição de Hitler, os Illuminati-sionistas retiraram os favores econômicos para com a Alemanha nazista, criando um bloqueio industrial e comercial. Durante a invasão da União Soviética em 1941, depois de nunca ter perdido uma única batalha, a falsa fatalidade manipulada pelos Illuminati cortou todos os suprimentos de Hitler. E seus exércitos tiveram que parar e congelar nas neves do severo inverno russo, nos arredores de Moscou. Eles sabotaram (ou mandaram sabotar) o gás e o petróleo para os tanques e os aviões e armas. Danificaram as peças de reposição e os pneus sobressalentes. Tudo ficou quebrado e danificado. Prejudicaram também a substituição de tanques e de aviões para que não viessem substituir aqueles já completamente destruídos. Depois que cortaram todo o alimento, a falsa fatalidade deixou o exército alemão encalhado e passando fome. E não podemos esquecer de que os membros do Illuminati ou sionistas são donos de todas as corporações mundiais que produzem petróleo, borracha, eletricidade, gasolina, armas, matérias primas e estratégicas e todas as maiores corporações de alimento. Além de seres donos de todos os bancos e meios de comunicação.

Os Illuminati-sionistas repetiram exatamente o mesmo boicote com Rommel, quando, invadindo o Egito, os exércitos da Raposa do Deserto ficaram encalhados no deserto egípcio, sem alimento, sem petróleo, sem partes sobressalentes e sem material, para que seus soldados morressem de fome no fronte Norte Africano. Com isso os sonhos de Hitler de capturar a Grande Pirâmide e a Esfinge morreram. Ele queria se apossar das ciências secretas e a tecnologia dos Atlantes que acreditava estarem ocultas nas câmaras secretas cobertas de areia no grande deserto, ou senão escondidas nos recôncavos das pirâmides. No auge da Segunda Guerra Mundial, Hitler mandou homens e alguns de seus principais cientistas e conselheiros para o Brasil (Akakor) e para os Andes, em busca do ouro e da ciência Atlante, graças à qual ele acreditava poder governar o mundo. Em outra expedição, todos esses foram em busca das aberturas para o Interior da Terra, onde Hitler acreditava que poderia ser cumprimentado pelo Super Homem da Terra Oca, e que já tinha feito um santuário para a escapada do cabeça do Terceiro Reich. Hitler sabia demais. Ele foi um gênio, um quase louco, a modo de dizer. Era controlado pelos aliens de Aldebaran e Hiperbórea.

Hoje sabemos que as bases Alien dentro de nosso planeta são muito reais. Sabemos que há mestres e super-homens que vivem em mundos subterrâneos, vindo do Império Órion, da Aliança Siriana, e vindos também de 30 civilizações diferentes, no mínimo. Todos eles em litígio entre si. Os Illuminati terrestres, fazendo-se passar por intermediários, com sua equipe de alfa-cinzentos, Homens de Negro etc. tentam dirigir esses invasores, para que não se destruam e não destruam a Terra. A cosmologia e a antropologia hitleristas, distorcidas, afirmavam que os judeus eram realmente uma espécie animal que graças à hibridização genética se tornou parcialmente humana, mas não humana de todo. Hitler não compreendia que todas as raças da Terra, inclusive a dos Arianos Nórdicos eram híbridos interplanetários.

Os mestres de Hitler negligenciaram em lhe dizer que os Super Homens originais de Lira não eram híbridos ou terrestres, mas sim eram ETs ou eram os deuses das lendas teutônicass do Crepúsculo dos Deuses. Os Lirianos eram portanto e são, os Arquitetos do Amanhecer a semearem os mundos no tempo e no espaço, no Grande Experimento do amanhecer do tempo. Na Terra, infelizmente tal experimento havia saído do controle, por causa dos Siríanos, Orionitas, Illuminati terrestres, e os homens que acreditavam que podiam se tornar deuses, acabaram se tornando exageradamente humanos.

Os simpatizantes do nacional socialismo alemão desprezavam a ciência ocidental e Hitler a chamava de “o orgulho dos idiotas”. Eles acreditavam na metafísica interdimensional, inclusive achavam que a magia-técnica e a psicotrônica poderiam enfrentar a tecnologia sionista-americana e ganhar a guerra. Os nazistas adotaram até mesmo a suástica, o símbolo lemuriano das quatro forças primárias dos universo, e inverteram o símbolo para representar o retorno à Terra dos país ou à Hiperbórea. Para os magos brancos a suástica nada mais é que uma aplicação espiritual positiva das ciências psíquicas com os Mestres da Luz Espiritual. Há líderes dos Atlantes, do Egito, Roma, Pérsia, Incas e outras antigas civilizações, tidos como mortos, e que são ainda Altos Sacerdotes, Imperadores Divinos, Reis Teocráticos. E há também grandes mestres que praticam a magia negra das lojas secretas, e que fazem mau uso do poder psíquico. Estes tentam introduzir no nosso meio déspotas malignos e líderes religiosos demoníacos dos reinos inferiores do plano astral invisível. Isto é o que dizem os pesquisadores da metafísica sobre a espiritualidade de hoje.

Hitler descobriu também que os volumosos escritos de Crowley eram mortalmente verdadeiros. Amigo, entre você em contato esses mestres nefastos do invisível. E eles darão a você tudo o que quiser no plano material, não importa se você tiver que vender a eles a sua própria alma. Hitler em seu misticismo exacerbado sacrificou o povo alemão aos seus deuses. Ele sacrificou os alemães do mesmo modo que certos hiperbóreos haviam sido sacrificados aos deuses Sirianos muitos séculos atrás na última rodada do Crepúsculo dos Deuses. Mas quem é o Deus verdadeiro? Um Siriano? Um Pleidiano? Um renegado, como o Demiurgo?, Um Zeta-Retículi? Ou todos juntos? Afinal, a objetividade é tudo uma ilusão, ou tudo não passa de um Universo holográfico? Ou ainda, tudo que percebemos existir é apenas uma manobra de nossa mente ego-personificada, e que resulta inclusive nessa mentira chamada cérebro material? Hitler “escreveu que temos que fazer uma aliança com os Senhores da Luz do Universo, e nos aperfeiçoarmos para que nós mesmos nos tornemos os senhores de nossa vida, senão isso, estaremos destinados a continuarmos escravos, a construir novas cidades para os tiranos de Sírio e de Órion, e que sempre retornam a este planeta depois da devastação que eles mesmos provocam.”

Num livro “Morning of the Magicians” ou O Despertar dos Mágicos, e que documenta o uso da magia e do ocultimo da parte de Hitler, essas são as palavras que o próprio Hitler proferiu. O objetivo dele não era o de fundar uma raça de super homens, nem era o de conquistar o mundo. Esses eram apenas os meios para a realização do Grande Trabalho Alquímico, com o qual ele sonhava. O objetivo real de Hitler era concretizar um Ato de Criação, uma Operação Divina..., uma mutação biológica objetiva, que resultasse numa exaltação sem precedentes da raça humana: o aparecimento de uma nova raça de heróis, semideuses e homens divinos que pudessem fazer frente aos Sirianos, Orianos, Alfa-Cinzdentos e aos enganadores Demiurgo e Jeová. Em outras palavras, a visão hitlerista de um Império Alemão mundial de Arianos não era nada mais que uma temporária propaganda pública para mais tarde ser substituída pelo objetivo muito mais elevado e ainda secreto. Ou seja, a realização de um ato de Mutação e Recriação biológica.

Isso teria sido exatamente o que Sirianos, Veganianos e Pleiadianos fizeram com o primata Homem de Neanderthal, a milhares de anos atrás, criando uma nova raça genética de homens modernos. Isto é também o que os Orionitas e Zeta Retículi ou cinzentos continuam fazendo, quando insistem em recriar um humanoide, ou um híbrido, meio homem meio cinzento. Esse é o objetivo dessa raça de alfa-cinzento que não pode viver naturalmente em nossa atmosfera mortal, ainda que, desde uma rede de planetas agonizantes quer emigrar pra cá. Durante os dias finais da Segunda Guerra Mundial, quando as cidades da Alemanha estavam sucumbindo sob as bombas aliadas, e seus poderosos exércitos estavam sendo destruídos, os líderes nazistas deixaram que o próprio povo fosse sacrificado, porque acreditavam que eles próprios sobreviveriam. De certo modo, eles estavam convencidos de que o Super Homem viria à Terra e os salvaria. Ou senão, terremotos, maremotos e uma mudança dos pólos e uma nova idade do gelo destruiria para eles a América, antes que fosse tarde demais.

Eles estavam umas poucas décadas na frente desta previsão, segundo Nostradamus. A divina intervenção profetizada por Hitler nunca aconteceu, e ao invés disso , seu império caiu, e os aliados das Plêiades, Hiperbórea e Aldebaran perderam uma outra rodada em sua interminável guerra intergaláctica. (Aqui se explica o por que de tanto ódio e desprezo dos notáveis discos voadores Pleidianos de Bill Meier, da Suiça). Os discos voadores hitleristas foram secretamente contrabandeados para as bases da América do Sul (Córdoba), dos Andes, da Antártida e do Pólo norte, juntamente com bilhões e bilhões em ouro e um círculo interno e secreto que veio a se tornar o Quarto Reich que ainda existe hoje. Fora das bases secretas do Hemisfério Sul, eles operam com os hiperbóreos. A tecnologia de seus foguetes, contudo, acabou no Cabo Kennedy, com os americanos ou com os russos.

Mas afora isso, antes de Hitler assumir o poder na Alemanha, vários cientistas alemães e austriacos imigraram para a América, mudando para sempre a história da ciência americana. Entre eles estavam o cientista Tesla. Outro foi o professor John Von Neumann, a quem se creditou a invenção do computador. Tesla, (iuguslavo), Von Neumann e Einstein, (alemães, na Universidade de Princeton, na década de 1930, formavam uma equipe e criaram um grupo de pensadores constituídos pelos mais famosos cientistas de todos os tempos, e começaram a trabalhar no Projeto Rainbow, que é melhor conhecido como o Projeto Philadelphia. Usando a tecnologia Pleiadiana de Tesla e a tecnologia Siriana de Einstein e Von Neumann, de certa forma alcançaram o aval do Instituto de Ciência Avançada de Princeton, e levaram a cabo experimentos de invisibilidade e deflexão do radar. Em 1939 eles tiveram sucesso em circundar modelos materiais com campos de força eletromagnéticos ressonantes, tornando-os invisíveis ao radar e à visão. Em 1943 FDR (Roosevelt) achou que o meio de ganhar a Segunda Guerra Mundial era fazer com que navios e aviões ficassem invisíveis ao radar e à visão. Em 1943, esse grupo de pensadores juntamente com a Inteligência Naval convenceram o Almirantado de que eles poderiam tornar o navio da Marinha Eldridge invisível ao radar do inimigo, na instalação naval de Philadelphia, se o rodeassem com a aplicação de freqüências EM da famosa teoria do Campo Unificado de Einstein. O experimento funcionou bem demais.

Logo depois de desaparecer no radar, o Eldridge e toda a sua tripulação se tornou invisível aos olhos de todas as testemunhas. Um brilhante flash azul tomou conta do lugar e o navio desapareceu por 20 minutos. Mais tarde, as testemunhas dos navios mais próximos foram perseguidas pela Inteligência Naval e ameaçadas de graves acusações se revelassem o que tinham visto. Alguns até deixaram vazar a verdade e foram assassinados, como Carlos Miguel Allende. Para chocar ainda mais a base naval, quando o Eldridge reapareceu, houve um terror absoluto. Os membros da tripulação queimavam vivos em chamas, ou senão flashes de luz saiam de seus corpos. Muitos membros da tripulação estavam mortos com os corpos atravessados no metal do navio, como se a carne se tivesse fundido com o metal. Outros sobreviventes estavam completamente loucos. Alguns outros mais cometeram o suicídio. Para fazer prevalecer o silêncio, centenas de pessoas terminaram em instituições mentais, para que “fossem curadas da insanidade de terem visto o que não deviam ter visto.” (A ciência e a medicina são um lixo, minha gente!) Poucos dias depois, alguns marinheiros que estavam em melhores condições foram a um restaurante na Philadelphia e começaram a entrar em combustão, e se tornarem invisíveis em frente dos chocados empregados e freqüentadores. Por um dia apenas, a história apareceu no Philadelphia Inquirer, antes de o jornal ser censurado. A Marinha, temendo os processos dos parentes e a má publicidade, rapidamente encobriu este horrendo acidente!

Na década de 1950, um cientista, físico e astrônomo, Dr. Morris K. Jessup, descobriu a evidência documentada do Projeto Philadelphia e tentou publicá-la, mas a publicação foi censurada e banida pela CIA. (O autor do artigo diz: Eu li uma cópia rara dessa publicação. A Edição Varo detalha o Philadelphia Experiment e como os aliens Siriano forneceram a tecnologia). Dr. Jessup morreu sob circunstâncias extremamente misteriosas, quando estava completamente sadio e muito bem sucedido na vida, levando muitos ufólogos a concluírem que foi assassinado. (Digo eu, que nem o Cel Hollanda, também foi suicidado. Enfiaram-lhe uma mangueira na boca, conectada ao cano de descarga do carro ligado. Ele foi fazer isso no deserto, pois, pois). A XIAN Intelligence, ou seja, três ex-agentes da inteligência do Exército e dois ex-comandantes da inteligência naval leram a Varo Edition em 1973. Mas eles não nos disseram o que aconteceu durante os 20 minutos em que o navio esteve desaparecido. Quando a catástrofe estava acontecendo, Tesla tentou parar o experimento, protestando que nenhuma vida humana deveria ser usada nele. Tentou acabar com o Projeto Rainbow e retirar sua tecnologia depois do acidente. Logo depois foi encontrado morto, e seu laboratório havia sido assaltado e todas as suas invenções e esquemas saqueados e levados.

Tem sido relatado na comunidade científica que Tesla foi assassinado porque representava um risco à segurança americana E o que aconteceu com a tecnologia dele? (Foi roubada pelos Illuminati-sionistas... Todos os segredos de Tesla acabaram depois nas mãos do Estado de Israel, o qual pôde criar as suas poderosas armas e artimanhas psicotrônicas que tanto castigam os inimigos). De sua parte, Einstein e Von Neumann foram transferidos para o projeto Manhatan, da bomba atômica até 1945. O projeto Rainbow foi suspenso e bloqueado. Einstein morreu tempo depois. Mas Von Neumann, que de certa forma se apropriou da tecnologia de Tesla, reassumiu o projeto na Flórida, no final dos anos da década de 1940, e sua nova iniciativa se tornou o Projeto Phoenix. Von Neumann continuou com os experimentos secretos da invisibilidade e que resultaram no desaparecimento de muitos aviões e barcos nas proximidades do Triângulo das Bermudas!

(Eu EB Não Acredito Nisso. Essa é Outra Manobra Para Esconder O Que Está Envolvido No Triângulo Das Bermudas. Antes de Von Neumann Voltar A Brincar Com Seus Aparelhos, Aviões E Navios Já Desapareciam Na Zona Do Triângulo…)

Von Neumann e sua equipe também desenvolveram a tecnologia das aeronaves STEALTH, e grande parte do hardware de precisão do computador e que foi utilizado na guerra do Iraque.

O Congresso americano descobriu os trabalhos dessa iniciativa em 1969, quando ficou evidente que o Projeto Phoenix se valia do uso de tecnologia secreta para o controle mental. Todos os fundos para o projeto foram cortados. O projeto perdeu a sua base na Flórida, ainda que fizesse uma nova aliança com certos Illuminati-Sionistas, (que habitualmente saturam o Pentâgono), os quais conseguiram uma base da Força Aérea abandonada em Long Island (Montauk, e que virou Projeto Montauk), mais a garantia de alguns bilhões de dólares para financiar os experimentos da viagem no tempo, do controle mental e o uso da tecnologia com paranormais para criar a maquinaria psicotrônica. Isto veio a se tornar o infame Projeto Montauk. Na década de 1980, a tecnologia do Projeto Montauk tinha se tornado tão avançada que Von Neumann e Preston Nichols, um técnico-chefe, encontraram um meio de manipular o tempo. Eles tiveram sucesso em criar (janelas ou portais) no espaço-tempo continuum, fazendo com que alguns pudessem entrar e sair do pretenso espaço-tempo físico deste planeta. E então, em 1983, eles conseguiram abrir uma janela no suposto espaço-tempo físico, e para sua surpresa completa, encontraram, o navio americano ou destroier Eldridge no vórtice do tempo! Quando em 1943 o Eldridge se tornou invisível, presente também estavam 3 UFOs nas alturas, observando o experimento. Quando em 1943 o navio se rematerializou, dois tripulantes ou dois irmãos estavam vivos e bem conservados. Eles contaram à Inteligência Naval que haviam viajado no tempo, para 1983. Ninguém acreditou neles, julgando-os insanos. Um dos irmãos, Edward Cameron, acabou em uma instituição mental. (A porca da medicina a serviço dos canalhas).

Sabe-se que quando o vórtice de energia de 1943 ficou fora de controle, Edward e seu irmão Duncan Cameron escaparam do navio, saltaram e mergulharam na água para se salvar. E estando na baia de Philadelphia, tentaram nadar até à costa. Porém, no lugar disso, eles acabaram pousando na base da Força Aérea de Montauk em 1983. Haviam viajado no tempo, 40 anos à frente ou no futuro. E nesse empreendimento haviam levado apenas 10 minutos. Para cumprimentar o aparecimento dos Camerons, 40 anos à frente ou no futuro, estava o Professor Von Neumann, que agora estava 40 anos mais velho. O idoso cientista vislumbrou com espanto os jovens marinheiros que ele tinha visto pela última vez 40 anos antes, quando era bem mais jovem. Você pode imaginar o choque dos dois marinheiros de 1943, quando repentinamente se encontraram em 1983, vendo televisão, vídeos, raios laser, carros Porches, requintados, aviões a jato, computadores, auto-estradas com elevadas e outras maravilhas que não existiam em 1943. Eles tiveram um choque cultural. Mas mesmo assim eles queriam ficar nesse paraíso tecnológico do futuro, mas não puderam. Von Neumann disse aos marinheiros que tinham que retornar ao ano de 1943, e a história diz que eles fizeram isso. Eles tinham que voltar para 1943 e desligar os geradores do Eldridge, que provocavam o vórtice, porque o vórtice aberto no tempo, em 1983 ainda estava em atividade e estava criando uma situação perigosa para a humanidade e um desastre global. Conta-se que Edward voltou a 1943 em seguida e viveu e morreu sem que ninguém acreditasse em sua história. Duncan também voltou a 1943. Mas preferiu retornar imediatamente a 1983, onde envelheceu 40 anos em apenas umas poucas semanas.

Na década de 1980 foi feito um filme de Hollywood chamado de Philadelphia Experiment, indubitavelmente baseado em documentos roubados do FBI. A maior parte do filme é verdadeira, ainda que os nomes das pessoas tenham sido mudados para evitar processos legais ou assassinatos. Para manter secreta a localização ilegal dos Illuminati do Projeto Montauk, no filme ela foi mudada para o Estado de Nevada. O nome do Eldridge foi mantido. O filme recebeu muitos comentários dos críticos, ainda que logo, logo fosse banido das salas dos cinemas. Foram feitos filmes semelhantes para a TV a cabo e home video (disponíveis, ainda que não sejam vídeos bem conhecidos).

O que não aparece no filme é que uma espaçonave siriana que estava espionando o experimento simplesmente é sugada no buraco do espaço-tempo e acabou caindo em 1983 em Montauk. A nave foi confiscada por Von Neumann e seus cientistas. Mais tarde, alguns astronautas Sirianos vieram à base e tentaram obter de volta de Von Neumann o motor da nave. Tentaram inclusive tomá-lo dele à força. Os cientistas do projeto entraram aí numa disputa com os Sirianos. Os Sirianos retiraram do projeto qualquer ajuda posterior. Por causa disso, os experimentos seguintes da base escaparam do controle. Nichols valeu-se disso para protestar, depois que centenas de pesquisadores haviam se perdido no tempo.

Preston relatou que em 1983, os participantes do Projeto Montauk estavam enviando estudiosos com vídeo-câmeras ao passado e ao futuro, para filmarem os eventos históricos. Isso resultou então em 10.000 vídeos tapes da História do nosso planeta! Os vídeos abrangem milhares de anos de nosso passado e além do ano 6.000 do futuro, usando um biorritmo cíclico de 20 anos para os terrestres exploradores. Von Neumann foi considerado por Einstein o maior matemático do mundo, e encontrou um meio de enviar pessoas através do tempo sem que entrassem em combustão, ficassem loucas ou se derretessem nas paredes materiais, como provocou o uso da tecnologia siriana, desavisadamente utilizada no Projeto Philadelphia...

Os Illuminati-Sionistas têm utilizado a tecnologia do Projeto Phoenix (psicotrônica, forças mentais) para controlar o Pentágono americano, outros governos civis e militares e os povos em geral. Esta tecnologia foi usada durante a tenebrosa guerra do Iraque-Kuwai para matar mais de 100.000 (ou 500.000?) iraquianos, enquanto os capachos dos Illuminati perdiam menos de 40 americanos. Uma proporção considerada absolutamente impossível numa guerra convencional. A perda de aeronaves e navios americanos foi tão ridiculamente baixa, para o quarto maior exército do mundo..., que desafia uma explicação racional, exceto o da tecnologia do Projeto Phoenix. Documentos secretos do Governo, vistos por nossas ligações (XIAN), afirmam que os Sirianos e os Orionitas atualmente fizeram uma aliança e já tomaram o controle total do nosso planeta. Não haverá pois uma invasão futura, mas sim a invasão já aconteceu!

O General McArthur, o herói da guerra contra o Japão, afirmou publicamente para a imprensa de massa que “a próxima guerra será uma guerra interplanetária.” Ele disse isto aos que estavam se graduando em West Poinst em 1955. A série de filmes Star Wars não é um arremedo ficcional de um projeto da era militar de Reagan contra a União Soviética. A modo de dizer, ele foi criado pela aliança Sirianos/Orionitas/Pentágono contra os aliens benevolentes (Pleideanos, Aldebarans, Hiperbóreos, Lirianos etc.) e que estão tentando vir aqui e nos ajudar espiritual e materialmente. A aliança Pleideana é sem qualquer dúvida contra os Dracos, que é uma raça reptiliano-humanóide de outra galáxia, em vias de invadir a Terra. E este é o maior medo de todos os governos, do americano principalmente.

Amigo, você não está cansado de ser um peão nessas antigas e intermináveis guerras galácticas? Você não está cansado de ser sempre programado a obedecer, a se submeter, por meio de uma antiga conspiração, e que faz com que você acredite ter liberdade de escolha e decisão, quando você não as tem? Não está você cansado de seus senhores, os sirianos? Poderia você trocar de planeta, para se aliviar disso? Não está você cansado de aliens que vêem você como uma mera cobaia, tal como nossos cientistas vêem os camundongos do laboratório, ou aliens que vêem os humanos da Terra como uma fonte gratuita de trabalho escravo, quando não os vêem como uma fonte de comida? Amigo, é tempo de acordar! De agir rápido! De não transferir para depois ou procrastinar. O tempo está se esgotando! Quer saber o que fazer? Aqui não temos espaço, mas leia Survival into the 21st Century, de Viktorus. Tal obra encontra-se na maioria das lojas de comida saudável. Essa tese apresentou a solução 20 anos atrás e a maioria das pessoas a ignorou. Leia também Prism of Lyra. Medite, O Amor Cósmico Incondicional e livre de ego é a linha básica de tudo. Se você não se mover, por volta de 1996 será tarde demais. Leia também ET-10, que é o guia dos visitantes intergalácticos ao planeta. Um mapa da Terra para os visitantes aliens. De início pode parecer um livro cômico, mas está mais perto da verdade do que qualquer coisa que você aprendeu nas escolas.

Eu, em 1992, estava dormindo em meu próprio carro, num estacionamento vazio, perto de um grande shopping center em Lahaina. Estava cansado e atrasado demais para dirigir-me até minha casa. De repente, fui totalmente paralisado por um raio de luz vermelha. Ele era tão brilhante que eu nem podia enxergar as luzes brilhantes do shopping center fora das janelas do carro. Tentei alcançar minhas chaves ainda que a ignição estivesse emperrada, como se congelada. Também tentei mover meus lábios, mas não pude. Mais tarde li que tudo isso é relatado por milhares de pessoas que acabam sendo abduzidos pelos UFOs. Menos mal, escapei. Agora estou perfeitamente bem para a luta. A maioria dos abduzidos infelizmente termina apavorada física e mentalmente por toda a vida. Não sou um psicólogo. Se você quer aprender a escapar, faça o seu dever de casa como habitualmente faz, ou seja, viva sua vida comum sem tantas complicações, e com lucidez. Não se distraia com tantos vídeos, tantos TV shows, encontros e sessões de fofocas. Tudo isso só existe para manter o homem subjugado. Leia mais. Faça o seu dever de casa!

Leia “Visitors From Within” de Lisa Royal. Amigo, o começo e o fim da Eternidade é o Eterno Agora. Isso é tudo o que você é e você sempre tem sido. Preste atenção, que a todo momento temporal, cada pensamento seu e cada ação intencional sua, executada, cria aquilo que você chama presente e futuro. Nada é casual ou acontece por puro acaso. Cada coisa que você experimenta faz parte do seu script, do seu roteiro do drama da vida que você mesmo montou. Somente você escreveu seu roteiro, somente você participa desse enredo e seu desdobramento. Com Inteligência e Lucidez somente você, livre de ego, pode suplantá-lo. Como ego que acredita ser, você, no meio da projeção do filme, não pode parar as câmeras que são você mesmo. Você está no filme, você é o filme. Olhe o espelho de sua vida, que é o meio que lhe circunda. Cada coisa que você vê, você a criou com sua ação ou com sua inação, propositadas, intencionais.

A Visão do Futuro é sempre o reflexo do passado. Entrementes, além do tempo e do espaço pretensamente físicos estão as dimensões do Aqui e Agora, as dimensões da verdadeira Eternidade sem tempo. Amigo, seja livre, você pode fazer qualquer coisa espontaneamente, criar qualquer coisa. Você, portanto, pensando, pode extrojetar, projetar tudo o que é bom, e mau.

A Manifestação do Amor Puro, contudo é o segredo do Cosmos verdadeiro.

Fonte: Relatório 10245 - Arquivo Ark Command
Fonte: http://tantettaus.blogspot.com.br/2013/11/a-guerra-entre-sirius-e-orion.html

A Sala Dos Registros

Este artigo foi escrito pelo pesquisador Paulo Iannuzzi, que é estudioso das Pirâmides do Egito, descrevendo sobre uma misteriosa “sala secreta” deixada pelos Atlantes que estaria situada debaixo do complexo destas construções milenares.


O Complexo de Gizeh, desde os antigos egípcios, é motivo de perplexidade! A humanidade, que agora emerge de um hiato que durou pouco mais de dois mil anos em relação às estruturas de Gizeh, redescobre particularidades no mínimo interessantes a respeito das pirâmides, especialmente a de Khufu (Quéops) e a Esfinge. Detalhes que podem reescrever, pelo menos em parte, a história do Egito e da própria humanidade.

O sensitivo americano Edgar Cayce, em sessões psico-mediúnicas, revelou detalhes sobre a origem atlante dos antigos egípcios, devida não somente à colonização das terras do Nilo, como em virtude dos cataclismas que culminaram na submersão da Atlântida (mais especificamente da última grande ilha, Poseidônis). Alguns remanescentes atlantes instalaram-se definitivamente em alguns lugares do planeta, principalmente no Egito.

Foi também mencionada a existência de um recinto em algum lugar sob o Complexo de Gizeh, entre a Esfinge e a Grande Pirâmide de Khufu ou no interior da mesma: a “Sala dos Registros” (The Hall of Records).

Segundo Cayce, quando sua descoberta e divulgação forem efetivadas, uma reavaliação (talvez até uma revolução) de valores, em quase todas as áreas, principalmente na ciência, acontecerá. Tal sala conteria papiros, ali deixados pelos atlantes e tão bem salvaguardados pelos egípcios.

Dogmas, conceitos e preconceitos que perduram por séculos, cairiam por terra.

Isto devido ao conteúdo dos supostos papiros que documentariam esse conhecimento, registrando feitos científicos atlantes; seu intercâmbio com civilizações extraterrestres; como dominavam a terra, o mar e o ar; como se deu sua ascensão e queda e sua retirada para muitas partes do globo; além da razão, função e tecnologia de construção das pirâmides, não só egípcias como também as do México; além de outros conhecimentos que a humanidade ainda não estaria preparada para readquirir como, por exemplo, muitos dos processo tidos como paranormais, parapsicológicos e até mesmo religiosos que são, na verdade, científicos. Onde ciência, arte, filosofia e “religião” se fundem.

Esta descoberta seria contemporânea ao período de transição do planeta e de toda a humanidade, cujo processo já teve início.

O cientista Robert Bauval eletrizou o meio científico com seu estudo sobre a associação das pirâmides e as estrelas que formam o chamado “Cinturão de Órion” (as Três Marias). Sua “descoberta” (redescoberta?) alerta para o fato que, de acordo com a precessão dos equinócios, movimento astronômico já conhecido pelos egípcios, todo o Complexo de Gizeh se relaciona com o posicionamento dessas estrelas em... 10.500 a.C.!

Ora, de acordo com os historiadores, arqueólogos e egiptólogos mais tradicionais, a civilização egípcia data de aprox. 5.500 a.C. As Pirâmides e a Esfinge, de 2500 a.C.; sendo que ainda prevalece o arcaico e cômodo conceito de que as Pirâmides são apenas túmulos!

Como entretanto, pode haver uma evidência astronômica clara de que em 10.500 a.C. uma civilização já florescia no vale do Nilo? No pior das hipóteses, como as pirâmides estariam de pé em 10.500 a.C. ou, pelo menos, seus posicionamentos já estariam, nesta data, de acordo com a posição das estrelas nesta época, demarcados? Sendo assim, por qual razão o planalto de Gizeh estaria perfeitamente nivelado e demarcado em 10.500 a.C. para uma construção que se daria, segundo os egiptólogos tradicionais, em 2.500 a.C., durante o reinado do Faraó Khufu (Quéops), resultando num hiato temporal de, nada menos, 8.000 anos?!

Esta data - 10.500 a.C. - coincide com registros das antigas escolas de mistério egípcias e escolas ocultistas atuais sobre a data do afundamento de Poseidônis (última parte do continente atlante) e o êxodo de alguns de seus sacerdotes e líderes e de parte de sua cultura. Isso sem mencionar com profundidade a já comprovada erosão pluvial na Esfinge, cuja resultante nos remete à mesma data, pois somente chuvas torrenciais poderiam provocar a erosão existente. Chuvas torrenciais no deserto? Isto sugere o fato de que tais construções foram erguidas em meio a campos verdes e vegetação tropical. Ambiente que, segundo análises científicas já comprovadas, predominou ao final da última era glacial, no Egito, antes de 10.500 a.C. até, mais ou menos, 7.000 a.C.!

O mais eminente egiptólogo egípcio, Zahi Hawass, refuta a possibilidade de a civilização egípcia ter uma história muito mais antiga que a atualmente aceita e, muito menos que esta tivesse origem a partir de outra civilização. Isto se deve à sua postura científica ortodoxa e talvez à sua religião: os seguidores do Islã não aceitam contradições no Alcorão, seu Livro Sagrado, que data a criação do mundo num período muito mais próximo de nós do que 10.500 a.C.

Infelizmente, estes e outros livros sagrados ainda são interpretados ao pé da letra. Em, porque não dizer, irônica contrapartida, o mesmo Hawass descobriu um sistema de seis salas, cerca de doze metros abaixo das areias do deserto, exatamente no ponto médio entre a Esfinge e a Pirâmide de Kheph-Rá (Quéfren)! Algumas destas salas levam à antecâmara ligada à câmara principal, batizada de “A Tumba de Osíris”. Tal lugar contém informações hieroglíficas magníficas e inéditas. Esta recente descoberta, não permitiu ainda que os pesquisadores chegassem a uma conclusão sobre a finalidade de tal local.

Aludem à possibilidade de sua construção datar do período ptolomaico, mas sem dados conclusivos. Pode ser (e realmente tudo indica) muito mais antiga.

Ocultistas especulam, pela observação lógica do processo iniciático e ritualístico egípcio, que tal recinto tenha sido uma das “Estações” que o Iniciando a sumo-sacerdote e/ou faraó estagiaria, vindo do templo abaixo da Esfinge, em direção ao conhecimento contido nos papiros da “Sala dos Registros”, a qual estaria misteriosamente interligada, e à suprema e final Iniciação, após longa e lenta ascensão, na Câmara do Rei da Grande Pirâmide de Quéops.


Bauval acredita ter localizado (ou pelo menos tem fortes indícios) a “Sala dos Registros”. Quando tal fato aconteceu, em 1993, o governo egípcio proibiu pesquisas no local. Estas foram reconduzidas ao final de 1999. Somente o fato de tais registros existirem, sem precisar mencionar seu conteúdo, comprovando a existência da Atlântida, terá efeito bombástico no meio científico e no público em geral. Teremos a História reescrita? Provavelmente. Assim como muitos conceitos científicos estão fazendo hoje como a relatividade e a mecânica quântica na física, por exemplo.

Veremos em sua pura origem metafísica, desmistificados, conceitos entendidos atualmente como parapsicológicos, magistas, ocultistas e, por isso, herméticos, tidos por muitos como visionários e fantasiosos e utilizados de forma ignorante, vaidosa, irresponsável e mistificadora por outros tantos. Quem sabe será também uma chave para entendermos o fenômeno ufológico no planeta desde tempos remotos, a colonização da Terra, a atuação em civilizações antigas (ufoarqueologia) e seu retorno definitivo onde se dá a volta do planeta à Grande Ordem Galáctica?...


Especulação? Ficção? Foram exatamente estes os termos atribuídos às obras de Júlio Verne e às “loucuras” renascentistas de Leonardo da Vinci.

Paulo Iannuzzi é pesquisador e professor de ufologia, Egito antigo, pirâmides, projeciologia, fotografia kirlian e estudioso de ocultismo.


Fonte: http://tantettaus.blogspot.com.br/2014/03/paulo-iannuzzi-sala-dos-registros.html

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Base Alien dentro das Montanhas Bucegi na Romênia

Descoberta uma BASE ALIENÍGENA dentro das Montanhas Bucegi, na região central da Romênia
 
I. Uma breve Introdução:
 
No verão de 2003 (Junho a Setembro no hemisfério norte), em uma área inexplorada das Montanhas Bucegi, na Romênia (36" N, 25º 27' 0" E), uma equipe do  DZ-Department Zero (uma secção secreta do Serviciul Român de Informaţii - SRI – Serviço de Inteligência Romeno), tinha feito uma descoberta épica e monumental, e que poderia mudar completamente o destino da humanidade.
Os Estados Unidos da América exerceu uma colossal pressão diplomática sobre o Governo romeno, que estava prestes a divulgar os resultados da descoberta para todo o mundo. As implicações se tornaram muito mais complexas, devido à interferência brutal da Ordem dos Illuminati, que pretendia assumir o controle de ambos, do local da descoberta, e da expedição conjunta romena-norte americana.
O especialista em fenômenos estranhos, e também o líder de operações para o Estado romeno, Cezar Brad, é o “herói” dos acontecimentos chocantes que ocorreram nas montanhas de Bucegi, na região central da Romênia. Ele também teve dois encontros memoráveis com um representante líder dos Illuminati, e um alto membro do alto escalão do Grupo Bilderberg.
 Cezar sentiu a alta pressão e um peso pesado em torno dessa pessoa. Ele estava cercado por uma nuvem de radiação pesada, desagradável que escondia suas verdadeiras intenções. Para este encontro, Cezar havia se preparado minuciosamente, isolando-se em uma sala e entrando em um estado de meditação profunda, para saber mais sobre essa pessoa.
 
II. Uma estranha visita de um poderoso membro do Grupo BILDERBERG:
 Em maio de 2003, Cezar recebeu a visita de um personagem muito importante. O pedido de reunião veio através do SRI, como resultado da intervenção do governo. A pessoa era um estrangeiro, mas falava a língua romena muito bem. Ele também estava familiarizado com o país. A SRI informou a Cezar que o visitante era um membro do alto escalão de uma importante loja maçônica da Itália, ele era um nobre, e tinha forte influência financeira na Romênia. Sua influência política também era muito elevada, uma vez que ele foi capaz de penetrar através das paredes de agentes do SRI e alcançar o DZ-Depto Zero.
 Um helicóptero do SRI trouxe este alto e arrogante cavalheiro, vestindo um terno preto. Ele tinha uma bengala com punho de marfim e incrustações de ouro. Seu rosto expressava aspereza e seus olhos verdes tinha um efeito estranho, irradiando frieza incomum. Ele se apresentou como Sênior Massini  (provavelmente não o seu nome real). Ele estava muito confiante de seu poder e deixou a impressão de uma pessoa que estava acostumado a dar ordens.
Ele era o líder de uma das mais importantes lojas maçônicas da Europa e também para uma das organizações Illuminati mais influentes do mundo: o Grupo Bilderberg. Massini era muito direto e afirmou que os seres humanos são de dois tipos: aqueles que podem ser manipulados e governados (estes formam a imensa maioria), e aqueles que têm certas virtudes e personalidades fortes. Ele disse que seu grupo faz parte da mais alta ordem maçônica e é muito interessado no desenlace da discussão sobre o achado.
O Senhor Massini explicou que o Grupo Bilderberg não é uma loja maçonica, e que significa muito mais do que isso. Ele disse que as lojas maçônicas são apenas fachadas e o poder real (que controla e manipula todos os maçons) é muito maior do que o trigésimo terceiro (33º) nível hierárquico. Massini convidou Cezar para se juntar ao grupo, deixando-o entender que ele assim teria muitas vantagens (todas elas materiais).


lluminati, Grupo BILDERBERG e Extraterrestres, uma combinação (verdadeira) que domina completamente o planeta, mas o tempo da “COLHEITA” está muito próximo.
De acordo com Cezar, Massini era tanto física como psiquicamente muito forte, o que contrastava com sua idade. Infelizmente para ele, o seu poder estava centrado em um ego enorme, uma arrogância desmedida e sentimento de superioridade sobre o resto da humanidade. Massini informou a Cezar que ele pediu pessoalmente para se entrevistar com Cezar, usando sua influência política, porque ele ficou impressionado com a energia psíquica de Cezar.
 III. Os Espiões do Pentágono com os satélites
O Pentágono  usa satélite para espionagem geodésica, com base em tecnologia e forma de ondas biônicas, e descobriu em 2002 uma unidade separada em uma área específica dentro das Montanhas Bucegi, no centro da Romênia. O espaço vazio dentro da montanha não tinha correspondência com o exterior, e parecia que havia sido esculpido a partir do seu interior, por seres inteligentes. Aquilo definitivamente não era uma caverna natural.
 A varredura por satélite da montanha revelou dois grandes blocos energéticos. Essas barreiras eram feitas de energia artificial. O primeiro deles era como uma parede energética, bloqueando o acesso para o túnel, enquanto o segundo tinha a forma de uma abóbada (ou hemisfério), e foi localizado no lado oposto do túnel, perto do centro da montanha.
Massini tinha certeza de que dentro da cúpula iria ser descoberto algo extremamente importante. Ele tinha conhecimento profundo sobre a origem desta descoberta e tinha conhecimento da existência de pelo menos um item localizado dentro do grande salão hemisférico no interior da montanha. O túnel e a cúpula estavam estranhamente alinhados com as formações rochosas do topo da montanha, conhecida como “Babele” e a “Esfinge de Bucegi”.


IV. Uma estrutura semelhante no Iraque
A equipe do Pentágono observou que a barreira de energia hemisférica tinha a mesma freqüência vibracional e da mesma forma que uma outra estrutura subterrânea secreta que haviam descoberto antes, perto de Bagdá, no Iraque. Logo após esta descoberta, a guerra do Iraque começou e depois de alguns meses, os americanos tiveram acesso ao maior segredo na área. Que os iraquianos não sabiam nada a seu respeito, como Massini explicou a Cezar que o conteúdo da descoberta no Iraque tinha a ver com o misterioso passado da Terra  e a história de suas organizações secretas.
Quando a investigação do Pentágono notou as semelhanças entre a estrutura subterrânea de Bagdá e uma das montanhas de Bucegi, Massini e seu grupo ficou extremamente agitado. Inicialmente, eles quase entraram em pânico. O pânico foi devido ao fato de que esta estrutura – muito maior e mais complexa do que a do Iraque – está no território da Romênia
 Sugeriu-se também que em algum lugar acima das montanhas de Bucegi, uma pirâmide energética está localizada, que é invisível a olho nu, e contem a história real do nosso planeta. Massini trouxe para o local uma máquina de perfuração de rocha ultra sofisticada, para materiais duros, usada pelas forças armadas dos EUA.
 O aparelho se utiliza de um forte jato de plasma e uma espécie de campo magnético rotativo, literalmente derretendo a rocha sem nenhum esforço visível (n.t. Este equipamento foi utilizado na construção de várias bases subterrâneas nos EUA, como a base subterrânea da Área51,  e em outros continentes).
 V. Os segredos de Bucegi – Ano 2003
Eles foram capazes de conseguir uma penetração com cerca de 60-70 metros de distância da primeira barreira energética, e alcançaram a primeira galeria, o que parecia um túnel de metrô. Suas paredes eram perfeitamente polidas. No final do túnel existe um enorme portão de pedra, que estava protegido por uma barreira energética invisível.
Três membros da primeira equipe de intervenção especial tentou tocar a porta, e logo morreram de parada cardíaca. Qualquer objeto (pedra, plástico, metal ou madeira) jogado na barreira de energia, imediatamente se transformava em poeira fina. Dois generais do Pentágono e o assessor presidencial dos EUA chegaram ao local.
VI. A Grande Galeria
 Além da formidável barreira de energia, que causou a morte de três pessoas, encontraram também um portão de rocha sólida. Na parede do túnel, mesmo em frente da porta, havia uma área de 20 cm quadrados, em que foi elaborado um preciso triângulo eqüilátero apontando para cima. Um quadrado foi localizado entre o enorme portão de pedra e a barreira de energia invisível. Cezar sentiu que existe algum tipo de compatibilidade entre ele próprio e a barreira energética invisível, algo como uma “simpatia” mútua.
 Sua mão tocou levemente a superfície da barreira energética e ele sentiu um formigamento na pele. O escudo de energia que havia matado três pessoas era totalmente inofensivo para ele, então ele deu um passo adiante, passando através dela. As autoridades norte-americanas ficaram absolutamente atordoadas. Cezar estimou que a barreira não tinha mais do que uma polegada (2, 54 centímetros) de espessura.
 Ele tocou o desenho do triângulo localizado no centro do quadrado, e a porta de pedra gigantesca silenciosamente deslizou para a esquerda, para dentro da parede. Esse comando também cancelou a barreira energética, dando-lhes a todos acesso a uma sala enorme, que mais tarde foi chamada de “A Grande Galeria”.
 Mesmo que não houvesse nenhuma fonte de luz visível, a Grande Galeria era completa e perfeitamente iluminada. Depois de desligar a primeira barreira energética, o enorme escudo hemisférico, no outro extremo da sala, de repente, se sintonizou com uma vibração mais elevada e começou a emitir radiações elevadas. Em uma análise mais aprofundada, a parede interior da Grande Galeria parecia sintética, mas também se sentia que algo orgânico era parte dela. Ele tinha a cor de óleo, mas os reflexos eram de cor verde e azul.
Testes posteriores revelaram que o material da parede era um pouco áspero ao toque, mas não poderia ser riscado ou dobrado. Ele resistia a qualquer tentativa de ruptura, perfuração ou corte. Mais tarde, os cientistas tentaram queimar o material, mas de uma forma misteriosa, todas as chamas eram de alguma forma absorvidas dentro dele, da parede, deixando-a intacta.
Os cientistas norte-americanos concordaram que o material é uma combinação misteriosa de matéria orgânica e inorgânica. Depois de 280 pés (85 metros), a galeria de repente virava à direita em um ângulo agudo. Mais à frente uma luz azul, brilhante, podia ser vista. A luz azul no final da galeria era o reflexo do escudo de proteção de energia.
 VII. Uma base subterrânea semelhante no Iraque
 O conselheiro dos EUA sobre questões de segurança nacional recebeu uma chamada e ele foi notificado de que o escudo energético de Bagdá, no Iraque, havia sido subitamente ativado, e ele também estava pulsando em uma freqüência maior. Na frente do escudo de Bagdá, um holograma do nosso planeta apareceu, que sequencialmente e, progressivamente, retratou o continente europeu, em seguida, mudou-se para o sudeste, em seguida, ele mostrou as Montanhas Bucegi da Romênia e, finalmente, mostrou a sua própria localização dentro do corredor da estrutura subterrânea.
Era óbvio que os dois escudos de energia hemisféricos estavam em uma conexão direta. Basicamente, a base iraquiana subterrânea havia sido notificada sobre a presença de pessoas no interior da base subterrânea romena em Bucegi. A má notícia é que a presidência dos EUA foi notificada e contatou a diplomacia romena. Em poucos minutos, toda a operação havia sido divulgada, e o plano do “Signore” Massini foi pelo ralo.
A presidência dos EUA pediu para assumir o controle sobre a base secreta e toda a operação. Os políticos romenos, que não sabiam nada da operação secreta para eles desconhecida, entraram em pânico. Generais do Pentágono presentes no local, tinham sido informados de que Washington exigiu uma reunião urgente.
VIII. Conselho Supremo de Defesa da Romênia - reunião de emergência
Uma sessão de emergência do Conselho de Defesa Supremo (CSAT) havia criado uma enorme onda de simpatia pelo Departamento Zero. A maioria de seus membros ficou abalada com a notícia que receberam. A decisão do CSAT foi continuar a investigação, mas sob o controle completo do Departamento Zero. Eles também tinham exigido um inventário de tudo que foi encontrado na Grande Galeria. De Bucareste (capital da Romênia), as ordens vieram em ondas, cancelando-se mutuamente.
Algumas eram muito veementes e rigorosas, enquanto outras eram indescritíveis – denotando a enorme tensão que a descoberta causara. Membros do CSAT estavam em sessão contínua, mantendo contato com a equipe de Bucegi. Depois de discutir tudo por horas, eles decidiram tornar pública a descoberta. O governo romeno iria fazer uma declaração formal para o mundo inteiro. Alguns membros do CSAT ficaram veementemente contra a decisão.
IX. Declaração Oficial da Romênia
 Quando a diplomacia dos EUA foi informada de que a Romênia iria divulgar as descobertas, tudo entrou em sintonia com o caos. O Presidente da Romênia foi chamado para uma conversa por telefone direto com a Casa Branca. Em poucas horas, os EUA (e seus aliados europeus) bloquearam todas as transações financeiras com a Romênia e seu acesso a todas as outras instituições e organizações financeiras mundiais.

A Romênia estava prestes a declarar “estado de emergência” nas Montanhas Bucegi e na sua capital, Bucareste. As conversações entre as autoridades dos Estados Unidos que estavam em Bucareste e funcionários do Departamento de Emergência romeno ocorreu sem tradutores. As autoridades norte-americanas foram verbalmente violentas, sempre gritando e proferindo ameaças à Romênia e aos seus funcionários. 

A divulgação oficial da descoberta pelo governo da Romênia para o mundo inteiro teria fornecido provas fotográficas e muitas outras coisas essenciais para um esclarecimento completo sobre a história da Terra. Cientistas e pesquisadores de todo o planeta estavam para ser convidados para estudos aprofundados. Mas o mais importante, ele teria revelado a verdade sobre o passado distante da humanidade e da sua história real – que de acordo com o que Cezar testemunhou dentro da Grande Galeria, é quase que inteiramente falsa (n.t. e completamente manipulada).
 A reação do governo dos EUA foi tão brutal, porque a divulgação da descoberta teria quebrado a sua influência e poder global em um instante (n.t. e da elite que o controla). A razão oficial citada pelos EUA para a não divulgação das descobertas, foi para não criar pânico no mundo, mas eles tinham deixado de reconhecer que o atual estado de angústia global é um resultado direto de engano e manipulação deliberada realizada pela elite e sociedades secretas, por milênios.
Houve também uma intervenção do Vaticano (se você quer saber como é que o Vaticano soube sobre esta descoberta, então você deve saber que a igreja de Roma está no topo da pirâmide de controle do mundo, e sua piedade religiosa é apenas uma fachada – leia-se:  The Darkest Secrets do Vaticano), no qual o Papa (então o “santo” polonês João Paulo II) pediu moderação antes deste grande e fundamental passo para a humanidade!
O Papa prometeu fazer certos documentos disponíveis para o Estado romeno dos antigos arquivos secretos papais, que foram de grande importância para a Romênia. Os documentos dariam suporte das descobertas (sim, isso é o quão poderoso é um Papa). Após 24 horas de negociações, um acordo final ocorreu entre a Romênia e os EUA. O Estado romeno adiaria a divulgação e, gradualmente, apresentaria tudo para o povo.
 X. A Sala de Projeção
 A Grande Galeria termina abruptamente com um auditório gigante, de 30 metros de altura (98,5 pés) e um comprimento de cerca de 100 metros (328 pés). A sala de projeção era menor em tamanho e também era protegida por um escudo energético. Avançando através do escudo, uma parte dele desaparecia, revelando a forma de uma porta, permitindo o acesso para dentro dele. O escudo protegia a sala de projeção de quaisquer influências externas. Uma vez na sala, o escudo tornou-se compacto e parecia um muro branco-dourado.
Basicamente, o escudo formava esta sala em forma de cúpula, com paredes e teto curvos. Na parte de trás da sala, a uma altura de cerca de 10-12 metros (33-39,5 pés), o escudo terminava onde tocava a parede de pedra da sala. Nesta parede havia três enormes buracos que se abriam em túnel: um localizada em frente, e os outros dois eram simétricos em ambos os lados. Eles eram iluminados por uma luz difusa em um tom esverdeado. Ambos os lados, o romeno e o norte americano decidiram proibir o acesso a esses túneis e foi assinado um protocolo entre eles. 
  XI. Mesas para Gigantes
 Uma série de enormes mesas de pedra estavam dispostas ao longo das paredes à direita e na parede (cinco de cada lado) para a esquerda, seguindo sua curvatura. As mesas eram com cerca de 2 metros de altura (6,6 pés). Os tampos das mesas tinham sinais em relevos gravados com extrema precisão, diferentes sinais de uma escrita e caracteres que se assemelhavam a uma antiga escrita desconhecida cuneiforme.
A escrita também continha símbolos mais gerais e conhecidos, tais como triângulos e círculos. Embora os sinais não fossem pintados, eles tinham uma luz fluorescente que se irradiava em várias cores, diferente para cada mesa. Em algumas das mesas havia diferentes objetos, que pareciam ser de algum tipo de ferramentas técnicas. De muitas destas ferramentas, fios translúcidos brancos desciam para o chão, e entravam para dentro de caixas retangulares brilhantes, como prata.
Estas caixas estavam colocadas diretamente no chão. Em uma inspeção mais minuciosa, os cabos eram extremamente flexíveis e leves, e pulsos de luz poderiam ser vistos circulando ao longo de seu comprimento. Cada vez que alguém se aproximava das mesas, uma projeção holográfica era ativada automaticamente, apresentando aspectos de um campo científico específico. As imagens tridimensionais eram perfeitas e tinham altura de quase dois metros e meio (8,2 pés).
 As projeções eram automatizadas e aconteciam por si mesmas, mas ao mesmo tempo elas eram interativas, e se alteravam de acordo com os sinais que se tocasse na superfície das mesas.
 XII. Uma grande descoberta:  
Combinações holográficas do DNA entre Espécies Extraterrestres:
 Devido ao grande tamanho e altura das mesas, os cientistas usaram tripés especiais para subir a uma altura confortável. Em uma investigação mais próxima se observou um material vítreo-escuro cobrindo os tampos das mesas. O material era dividido em vários quadrados grandes, delimitados por linhas retas, que formavam uma espécie de grade. Uma das tabelas continha informações do campo da biologia, e projetava imagens de plantas e animais, alguns dos quais eram completamente desconhecidas para os cientistas.
Simultaneamente tocando dois quadrados diferentes, uma análise científica complexa era projetada, mostrando o DNA das duas espécies, e as possibilidades de compatibilidade entre os dois materiais genéticos. Nas laterais, em linhas verticais, haviam explicações sobre a mesma, e o alfabeto alienígena escrito. No final da simulação entre os dois DNAs, um ser híbrido entre as duas espécies era exibido.
Depois de tocar em um dos quadrados, um holograma que apresentava a estrutura do corpo humano foi ativado. O holograma estava em constante rotação, com destaque para diversas áreas do corpo humano. Ao tocar em outros quadrados se ativavam projeções holográficas de seres extraterrestres, de outros sistemas planetários.
XII. Uma Biblioteca do Universo:
A sala de projeção continha informações detalhadas de áreas como: física, cosmologia, astronomia, arquitetura, tecnologia, biologia, genética, e até mesmo religião. Porque continha tantas informações, o local foi comparado a uma biblioteca. No meio da sala, havia uma área mais elevada em estilo de um pódio com acesso por escadaria, e que continha um dispositivo interessante. Os cientistas especularam que aquilo poderia ter sido um dispositivo para melhorar diversas funções cerebrais.
XIV. Painel de Controle na Romênia
 Próximo a este local mais elevado havia um painel de comando, coberto com diversos símbolos geométricos, em cores diferentes. Existem também duas alavancas de correr e um botão vermelho, no centro do painel, acima de todos os outros comandos. Uma simulação holográfica explicou o propósito do botão. Ele mostrou uma imagem das Montanhas dos Cárpatos como vistas de 25 km (15,5 milhas) de altitude acima deles e na próxima imagem, uma enorme e brutal quantidade de água inundando e cobrindo as terras baixas e planícies.
 A imagem seguinte, a partir dos territórios da Romênia, Hungria e Ucrânia, mais fluxos de água aparecem, em direção ao planalto da Transilvânia, na forma de grandes rios. A imagem é focada no território da Romênia e mostrou a maior parte de sua superfície coberta pelas águas de um grande mar. Alguns dos mais altos picos das montanhas podiam agora serem vistos apenas como pequenas ilhas flutuantes. Na imagem em seguida, as águas começaram a retirar-se, recuando, assim que as saídas encontradas no painel foram ativadas, deixando alagada apenas uma pequena área perto da montanha Retezat Godeanu. Um verdadeiro manual sobre a Romênia.
XV. Uma Ânfora Misteriosa
Atrás do painel de controle havia um pedestal quadrado, de cerca de três metros (9 pés 10 pol) de cada lado, em que uma misteriosa ânfora estava descansando. O Senhor Massini tinha conhecimento da sua existência e, para ele e sua elite Illuminati, esta foi a mais importante descoberta. A ânfora continha um pó branco muito fino.
 Os pesquisadores ficaram consternados ao descobrir que o pó era uma fórmula de alta pureza do ouro monoatômico (n.t. Que os mais antigos Faraós do Egito e sua família consumiam durante as refeições), com uma estrutura cristalina desconhecida. O pó de ouro monoatômico em sua forma pura estimula grandemente a troca de energia a nível celular e neural. Isso faz com que um processo acelerado de rejuvenescimento do corpo físico aconteça.
Teoricamente, um homem pode viver no mesmo corpo físico durante milhares de anos, desde que ele consuma ouro monoatômico de vez em quando, uma quantidade bem definida de pó de ouro monoatômico. Isso explica muitos aspectos intrigantes sobre a incrível longevidade de algumas figuras importantes e descobre parte das intenções ocultas da elite global.
XVI. Gigantes reais
A julgar pelo tamanho de todos os objetos dentro da sala de projeção, os criadores do edifício provavelmente eram seres muito altos. Uma confirmação de esqueletos humanóides gigantes encontrados na Romênia poderia ser encontrado em um jornal chamado “The Newspaper”:
A equipe do jornal é acompanhada pelo pesquisador Vasile Rudan, que observou que as pessoas da aldeia Bozioru tem provas concretas a respeito: um cemitério com esqueletos de gigantes. Ele foi descoberto por acaso, mais de 20 anos atrás, quando as autoridades decidiram plantar macieiras na aldeia de Scaieni. Durante a escavação em uma colina, os moradores descobriram enormes esqueletos, com mais de 2,40 m (7 pés, 10 pol). 

Dragoi Ilie, um dos operários que trabalharam no pomar de maçã, levou-nos para o local. O senhor Ilie nos mostrou ao redor do pomar:…. “Em todos os lugares são túmulos de gigantes. Fomos fazer buracos, para plantar mudas, quando encontramos uma cabeça humana tão grande quanto uma abóbora. Nenhum de nós nunca tinha visto nada parecido e estávamos todos maravilhados. Indo mais longe, nós encontramos alguns ossos dos pés, tão grande como as mudas de vinha. Aquele defunto deve ter sido um ser humano muito grande”.
XVII. A verdadeira história do nosso planeta:
Atrás da ânfora, no meio do quadrado, havia uma enorme cúpula que projeta hologramas. Ela apresenta os principais aspectos do passado mais distante da humanidade, desde o seu início. Cezar explicou que de acordo com as imagens projetadas pelo holograma, cerca de 90% da história oficial da humanidade é absolutamente mentirosa, controlada e falsificada. A teoria da evolução de Darwin também é incorreta. No meio do quadrado existe uma enorme cúpula que projeta um holograma de partes móveis.
Inacreditável, mas o que é considerado agora como fato realmente acontecido em nossa história, nunca o foi, enquanto os chamados “mitos” e “lendas” dos povos antigos são quase inteiramente baseados na mais pura verdade. Além disso, a maioria das teorias arqueológicas são falsas. Por exemplo, os dinossauros não foram extintos 65 milhões de anos atrás, e os antigos continentes da Lemúria (MU) e Atlântida existiram de FATO.  
Esta estranha inversão da nossa história coletiva causou muitos problemas e conflitos entre as pessoas em nosso passado. Durante um datação correta dos eventos apresentados, um mapa estelar correspondente a esse período foi projetado ao fundo. Embora o período de tempo coberto pelas projeções fosse muito grande (centenas de milhares de anos) o ciclo de precessão dos Equinócios da Terra é de “apenas” 25.920 anos (n.t. Doze eras astronômicas de 2.160 anos cada uma, base do Calendário (contagem longa) Maia e do cálculo dos Yugas nos Vedas hindus), observando-se o número de “anos platônicos” (o ciclo de 25.920 anos) a datação exata dos eventos foi possível. A instalação da Base Subterrânea na Montanha Bucegi tem entre  50 a 55 mil anos de idade (É antediluviano).
XVIII. Mais Revelações chocantes:
Cezar viu nas holografias o que aconteceu durante o chamado Grande Dilúvio e onde e como a civilização humana se originou, mas ele decidiu não revelar isso, como as revelações seriam demasiado chocantes para a mentalidade, idéias e(des)conhecimento do homem contemporâneo. (N.t. Pessoalmente, eu acho que pessoas como ele também são responsáveis pelo atual estado de inconsciência e dormência da espécie humana.)
Temos sido enganados e manipulados por milênios, e assim que estamos perto da verdade, alguém decide que ainda não estamos prontos para ouvi-la. Esta é uma abordagem arrogante e egoísta! As pessoas estão tão prontas hoje como sempre estarão, e quanto mais cedo a verdade for lançada na arena, melhor seria. Ter mais peças do quebra-cabeças vai fazê-los aceitar a verdade mais fácil e, mais importante, vai convencê-los a tomarem medidas contra os manipuladores e escravizadores (e contra a sua própria ingenuidade e ignorância).
Numa demonstração perturbadora de fatos apresentados nas imagens, também foi mostrado a existência de Jesus e a sua crucificação. As projeções revelaram que muitas das pessoas que testemunharam a sua crucificação vieram de outros períodos históricos para assisti-la. Eles estavam usando o mesmo tipo de roupa que o resto das pessoas, mas as suas características faciais eram diferentes, portanto, eles estavam constantemente cobrindo os seus rostos.
O holograma também apresentou fragmentos da vida espiritual dos outros personagens excepcionais do passado distante da humanidade, incluindo as pessoas de que nada sabemos a respeito. Naqueles tempos, a distribuição social e população eram completamente diferentes do que é hoje conhecido, de modo que os arqueólogos e antropólogos devem rever as suas teorias (n.t. um monte de baboseiras, como a de que as Pirâmides são túmulos de faraós e foram construídas pelo antigos egípcios) a partir do zero.
XIX. Os três túneis misteriosos
Os túneis descobertos no subterrâneo possuem milhares de quilômetros de comprimento e levam a três diferentes áreas do planeta. O da esquerda ligado a base romena para uma base subterrânea ainda a ser descoberta em algum lugar no Egito (que já foi definitivamente descoberto e explorado nos dias atuais em 2013). O túnel da direita conduz a uma estrutura semelhante, mas menor, no “planalto tibetano”.
Este túnel tinha três ramificações secundárias. Um leva para uma área subterrânea perto da cidade romena de Buzaru (próximo à “Curva dos Montes Cárpatos”). Outro leva na direção para a base iraquiana já mencionada, enquanto a ramificação final conduz a uma base subterrânea no “deserto de Gobi”, na Mongólia (a milhares de quilômetros de distância).
XX. Um  Terceiro Túnel - um mundo (civilização) secreto:
O túnel do meio era o mais importante para ambos, o Senhor Massini e o Governo dos EUA, que fortemente solicitou para ser mantido em segredo para o público. Este túnel desce a profundidades extremas em direção a um mundo subterrâneo verdadeiro (o Reino de Agharta), localizado perto do centro de nosso planeta. Aqueles de vocês que não estão familiarizados com a  teoria da Terra Oca, por favor, note que existem figuras importantes que apoiam a teoria de que todos os planetas são provavelmente ocos no seu interior, e trazem argumentos científicos interessantes para apoiar as suas reivindicações.
 Em 2009, a televisão local  Antena 1 fez uma breve apresentação desses eventos:
Além disso, existem algumas histórias muito interessantes e bonitas sobre as pessoas da superfície que supostamente viajaram para este mundo. O reino é comumente conhecido como AGHARTA, e o terceiro túnel é, o que provavelmente, leva direto a ele. Ele dá mais sentido do por que a elite das trevas não esteja interessada em fazer essa descoberta conhecida pelo público em geral. Intensas preparações foram feitas visando se fazer expedições dentro de todos os 3 túneis, da seguinte forma:
 
Primeira expedição ao Egito,
A segunda para o Tibete,
E uma terceira para o núcleo da Terra
 (Um resumo dos acontecimentos esta no livro: Viitor cu cap de mort, por “Radu Cinamar”- o nome usado para um escritor não revelado, que na minha opinião, não é outro senão o ex-general romeno Emil Strainu.
Afirmação baseada no estilo de escrita extremamente semelhante e ao fato de que o autor tinha acesso direto a esta  base alienígena Top Secret – um livro que não poderia ter sido escrito a menos que o escritor fosse um insider).
 Após o programa, eles receberam uma ameaça anônima: O diálogo esta traduzido mais abaixo
O que se segue é uma transcrição da chamada telefônica recebida pelo repórter do Canal “Antena 1″ quando atendeu o telefone.
“Reporter: Olá, boa tarde!
 Ligação anônima: Estamos enviando-lhe um aviso: tenha muito cuidado! Pare de falar sobre o Bucegi (Montanhas)!
R: Quem é você?
R: Esta informação deve permanecer no nível de algumas estruturas e não deve ser tornada de conhecimento do público! Você já entrou em um jogo perigoso! Você é jovem, você tem família … Há assuntos suficientes no país para se falar sobre!
R: Senhor, quem é você?
A: Não deseje nos conhecer e ser entrevistado por nós! Isso é tudo o que eu tinha a dizer! “

Fonte: http://misteriosufologicos.blogspot.com.br/